Por que é importante sinalizar o local em casos de acidentes ou imobilização do veiculo?

por Adriano Lopes Bueno

Sinalizar o local onde o veiculo ficará imobilizado por tempo determinado ou indeterminado em casos de acidentes de trânsito é fundamental para garantir a segurança das pessoas que ali estão para ajudar a socorrer e as vitimas e as próprias pessoas que se envolveram no acidente.

Também é essencial que tudo que for usado para sinalizar o local deve ser facilmente visualizado pelos outros usuários das vias e que não seja fator de risco, evitando assim que haja novos acidentes e mais vitimas.

Nesse primeiro caso vamos aprender qual o procedimento correto e mais seguro quanto à sinalização no período do DIA. Para sinalizar pode ser usado:

  • Triângulo de segurança;
  • Pisca-alerta do veículo;
  • Galhos de árvores (deve conter bastantes folhas e os galhos não podem ser muito grossos);
  • Latas (pequenas e que não ofereçam riscos);
  • Pedaços de madeiras (tamanho moderado);
  • Plástico;
  • Tecido;

No segundo caso pensaremos na sinalização no período da NOITE ou com NEBILNA. Para sinalizar ser usado:

  • Triângulo de segurança;
  • Pisca-alerta do veículo;
  • Faróis do veiculo;
  • Lanternas;

É importante lembrar que nesse segundo caso NUNCA dever ser usado fósforos, isqueiros ou tochas de fogo, pois nessa situação pode haver riscos de explosões, agravando mais ainda o ocorrido.

No terceiro caso aprenderemos a sinalizar utilizando pessoas e isso exige cuidados tais como:

  • As pessoas devem ficar na lateral da pista de frente para os veículos, para que possam ser vistas;
  • Deve sinaliza a pessoa que estiver com a roupa colorida e que contraste com o terreno, assim será mais bem visualizada;
  • Nunca deve fica depois de uma curva, lombada ou locais perigosos, isso pode ser um grande fator de risco e gerando mais vitimas;
  • É recomendável que a pessoa que sinaliza fique o tempo todo agitando um pano colorido e caso não possua que faça movimentos na lateral do corpo com o braço para cima e para baixo, isso indica para os outros usuários da via para diminuir a velocidade;

Agora que aprendeu a maneira correta de sinalizar saberá o que fazer em situações de emergência. Lembre-se dessas dicas e pratique-as caso seja necessário, sua segurança deve vir em primeiro lugar e depois a dos outros envolvidos no acidente.

 

Adriano Lopes Bueno é Instrutor de Trânsito do CFC Cadore, Condutor Socorrista (SAMU), Pedagogo e Multiplicador em Educação para o Trânsito.

Compartilhar!