Moto e chuva – Combinação que exige atenção redobrada

O motociclista é um dos mais vulneráveis no trânsito, pois não tem estrutura em sua volta que o proteja, é somente a moto e ele. Quem anda na chuva ainda está mais exposto ao frio do que quem está num transporte fechado.

É importante proteger-se e utilizar equipamentos que ajudem a garantir um mínimo de conforto térmico, como roupas impermeáveis e bota de chuva, que também protege os tornozelos em caso de acidente. Use também itens de absorção de impacto e luvas.

Em dias de chuva, lembre-se de reduzir a velocidade, ver e ser visto pelos outros veículos e manter a viseira limpa para andar de moto. E você, motorista de veículos de quatro rodas, lembre-se que o maior cuida do menor.

#empatianotransito
#emdefesadavida

Texto: DETRAN/RS

Compartilhar!