Mais um condutor com deficiência auditiva habilitado no CFC Cadore

Nosso grande amigo e sempre simpático Vaci é um dos mais novos condutores de 2018. O que torna ainda mais importante tal conquista é o fato dele ser surdo. Apesar dessa deficiência, contando com a participação do intérprete em Libras Benhur, formou-se condutor e já está de pose da sua Permissão Para Dirigir.

Às vezes pode causar estranhamento a algumas pessoas, mas os surdos, bem como boa parte de outras pessoas com deficiências, tem toda a capacidade para dirigirem com segurança e habilitados. Os mesmos têm amparo na Lei 9.503/97 e suas alterações, como as da Lei 13.146/16 que instituiu o Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Sendo assim, o surdo que deseja se habilitar, atendendo os requisitos mínimos que todo brasileiro precisa atender (saber ler e escrever, ser imputável penalmente e possuir RG e CPF), será assessorado por intérprete sem custos adicionais, passando exatamente pelas mesmas etapas, sem diferenciação para além da presença do intérprete nos exames, sala de aula e aulas e exame prático.

Parabéns ao Vaci que agrega o rol dos condutores e foi mais um que optou pelo CFC Cadore para conquistar seu sonho de habilitação, não desistindo diante das dificuldades. Sua alegria é a nossa também.

Compartilhar!