EMPATIA NO TRÂNSITO, VOCÊ NO LUGAR DO OUTRO!

Você no lugar do outro

Como fazer parte desse movimento?

 

Ali vai uma vida

Entenda: o trânsito não é feito de carros, caminhões, ônibus. Ele é feito de gente, como você. Cada um com sua história, seus problemas, seus sentimentos, suas obrigações.

 

Ser gentil custa muito pouco

Às vezes, a gente encara o trânsito como uma gincana. Tem que sair na frente, tem que chegar primeiro. Mas você já parou pra pensar no quão pouco custa dar a passagem a alguém? Esses poucos segundos para você podem significar muito para outra pessoa.

 

Tem lugar para todo mundo

Com um pouquinho de paciência e cuidado com o outro, motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres podem conviver no trânsito com harmonia e segurança. E isso é bom para todos nós, que passamos por vários desses papéis durante o dia.

 

Seu gesto se multiplica

A empatia é contagiante. Retribua cada gesto que você receber com mais empatia. Colocar-se no lugar do outro é algo poderoso: é uma forma real de contribuir para um mundo melhor.

 

Fonte:DETRAN/RS

 

Compartilhar!